Todos que prestaram delação estão fumando charuto e rindo da nossa cara, diz Lula - Jornal Centro Oeste

Home Top Ad


sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Todos que prestaram delação estão fumando charuto e rindo da nossa cara, diz Lula

Todos que prestaram delação estão fumando charuto e rindo da nossa cara, diz Lula
Foto: Agência Brasil
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fez, nesta sexta-feira (8), novas críticas à Lava Jato e ao juiz federal Sérgio Moro, durante a sua passagem pela Universidade Federal Rural, campus de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. A um auditório cheio de estudantes e professores, Lula disse que "inventaram o apartamento, triplex, offshore no Panamá". "O juiz Moro tem que saber se alguém brigou no País contra a corrupção foi o PT", afirmou. Com ele, estavam o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, o ex-ministro das Relações Exteriores Celso Amorim e o senador Lindbergh Farias (PT-RJ). A visita abriu o ultimo dia da caravana de Lula pelo Rio, focada em municípios da periferia da região metropolitana. "Todos que prestaram delação estão fumando charuto e rindo da nossa cara", disse. "Constroem a sociedade entorpecida, anestesiada, e colocam a culpa de toda a desgraça em alguém. Estão jogando a culpa da miséria do País na Previdência Social", disse Lula. Ele afirmou também que o presidente Michel Temer "não é um presidente, é um instrumento do poder financeiro brasileiro". Citando novamente o juiz da Lava Jato, Lula alegou ter sido injustiçado. "Moro viu que o apartamento não era meu, que não teve dinheiro da Petrobras, mas mesmo assim me condenou. Até testemunha de acusação, o Leo Pinheiro da OAS, o máximo que ele falou era que o Lula sabia, mas na audiência anterior falou que não sabia", disse. "Desafio alguém a dizer que pedi ou alguém me deu R$ 5. Eu vim de baixo, sei o que é ser pobre", afirmou. Lula também relembrou quando, durante o seu governo, foi descoberto o pré-sal e pensou que "era o passaporte para o futuro". "Eu disse: os donos somos nós e a gente vai tirar e vender pelo preço que a gente quiser. Compramos até uma empresa para regular, e eles acabaram com isso. Trouxeram a Shell, a Esso e tudo o que é empresa americana e chinesa. Nós estamos vendendo óleo cru e comprando gasolina refinada dos EUA, é o complexo de vira-lata. Ou assumimos o Brasil ou vamos voltar a ser colônia", declarou. "Aqui sempre prevaleceu o complexo de vira-lata. O Brasil passou a ser colonizado pelo complexo de vira-lata, tudo que é de fora é melhor do que o da gente", completou. Ao apresentar sua candidatura a presidente, Lula disse que estava quieto, apenas "cuidando para morrer bem", mas mudou de ideia e resolveu se candidatar diante do atual cenário político. "Se eu não tiver coragem para brigar para que minha neta tenha um futuro melhor, não valeu a pena a minha passagem pelo planeta Terra", disse. "Os coxinhas vão comprar brinquedo em Miami, mas quando vão fazer protestos eles são brasileiros", ironizou. BN